APRESENTAÇÃO

ESPIRITUALIDADE

O que seria esta palavrinha que para muitos representa a busca pelo equilíbrio, paz e aceitação dos reveses?

Nós humanos normais, não nos preocupamos com a conexão com nossa essência, vivemos e almejamos uma existência material.

Trabalho, relacionamentos, objetivos e metas são vias de acesso rápido a uma vida pelo menos confortável.

Mas o roteiro de nosso contos de fada, esbarra na doença, nosso príncipe transforma-se no dragão-de-komodo e nosso trabalho é uma filial do inferno, modernamente chamado de umbral inferior, tanto faz, mas o gosto é sempre amargo.

E a nossa cruzada por Shamballah começa, o problema é que confundimos espiritualidade com religiosidade e adentramos por uma janela pensando ser a porta.

E nossa vidinha apenas restrita aos danos ocasionais, esbarra em mais amarras, mais grilhões, mais obrigações e na busca pela liberdade optamos pela escravidão

E juramos que mudamos radicalmente, que as sombras já saíram de nossos sótãos, que seremos felizes para sempre, até que alguém nos fecha no trânsito, nos empurra no metrô ou tripudia e tira nosso emprego.

Na vivência comum, percebi, nem todos nasceram ou desejam exercer plenamente a religiosidade, nem todos são altruístas, que cursos não fornecem respostas, só estruturam perguntas, mas todos são aptos por si a conhecerem a espiritualidade, sem dogmas, sem receitas, sem imposições, no seu próprio momento cósmico.

Alguns são buscadores optaram pela vida solitária das respostas, outros procuram conhecimentos superficiais e rápidos, alguns compartilham o pouco que conhecem, mas todos contribuem para a expansão da nossa consciência.

Nossa proposta é divulgar assuntos relacionados direta ou indiretamente a espiritualidade, com base nos fatos ou evidências apresentadas, sem compartilhar ideologias religiosas e/ou filosóficas. Respeitando os direitos autorais, a liberdade de expressão e principalmente o livre direito de acreditar de cada indivíduo.

 

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *